• Melatonina para queda de cabelo – Dr Marcelo Olivan

    Melatonina para queda de cabelo – Dr Marcelo Olivan

    A grande inovação no tratamento da perda capilar é a melatonina, que é um hormônio produzido principalmente pela glândula pineal e possui propriedades antioxidantes, sendo estes um dos motivos pelo qual ela pode ser considerada uma boa escolha no tratamento da queda de cabelo. Ela é capaz de neutralizar o estresse oxidativo associado à perda de cabelo geral, bem como na alopecia androgenética, através da aplicação tópica de loções de melatonina diretamente no couro cabeludo.

     

    Desde a antiguidade os cabelos permeavam o cotidiano do ser humano, com diferentes penteados, significados e importância. Quem nunca viu aquela célebre imagem do homem das cavernas conquistando a sua amada à força, puxando-a pelos cabelos? Naquela época, mesmo sendo visivelmente maltratado, o cabelo já possuía a sua devida importância no que se refere à conquista do parceiro ou da parceira ideal. Os cabelos sempre foram considerados uma parte fundamental do adorno facial e possui um significado histórico de força para os homens e sedução para as mulheres: Afrodite (deusa grega do amor, da beleza e da sexualidade), cobria toda a sua nudez com longos cabelos loiros e Sansão (o juiz bíblico), possuía uma força extraordinária, graças aos seus cabelos. Os séculos foram passando, mas a preocupação com os cabelos sempre esteve presente na vida dos homens e mulheres.

     

    Apesar de não possuírem função fisiológica vital, os cabelos desempenham grande importância psicossocial relacionada à aparência e auto estima. O cabelo é uma estrutura complexa que tem BULBO (raiz), formado por vários tipos de células e HASTE, que também possui células e algumas proteínas, destacando-se a queratina e a melanina. No couro cabeludo há, em média, 150.000 fios. Normalmente perdemos entre 100 e 120 fios por dia, quantidade mais perceptível no banho, lembrando que os fios se acumulam entre as lavagens. Logo, se o intervalo entre as lavagens for maior, a percepção da queda também será maior. Fios em excesso no travesseiro após uma noite de sono normal, sobre a mesa de trabalho ou no banco do carro indicam uma possível queda e deve ser investigada.

     

    O ciclo de crescimento de um fio consiste em três fases sucessivas: a fase de crescimento (anágena), a fase de transição (catágena) e a fase de repouso (telógena). Para que haja cabelo suficiente em sua cabeça, aproximadamente 85% dos fios sempre estão na fase de crescimento e apenas 14% na fase de repouso. Se essa proporção entrar em desequilíbrio, as consequências podem ser desagradáveis e a taxa de queda supera a de crescimento.

    Diversos estudos científicos buscam demonstrar os efeitos positivos da melatonina no tratamento da queda capilar. Um deles avaliou 40 mulheres com alopecia difusa ou alopecia androgenética. Um grupo recebeu 0,1% de melatonina e o outro uma solução de placebo no couro cabeludo, uma vez por dia e durante 6 meses. Para avaliar a taxa das fases anágena e telógena do cabelo foi realizado um exame de tricograma (exame especializado para o estudo e diagnóstico dos casos de alopecia). Para monitorar os efeitos do tratamento sobre níveis fisiológicos da melatonina, amostras de sangue foram tomadas ao longo de todo o período do estudo. A melatonina levou a um aumento significativo da fase anágena na região occipital e frontal da cabeça, comparado com placebo em mulheres com alopecia androgenética. O nível sérico de melatonina aumentou durante o tratamento, mas não ultrapassou o pico fisiológico da noite*.

    A loção capilar de melatonina pode ainda, ser combinada com adenosina, que melhora não somente a perda de cabelo, mas também estimula o crescimento e aumenta a espessura dos fios**.

    Medidas desesperadas como evitar lavar, pentear e passar a mão não manterão os cabelos na cabeça e, consequentemente, nada disso terá impacto na progressão do processo de queda. O que previne a queda é entender a causa e tratá-la. E os resultados só aparecem após alguns meses do início do tratamento. Acompanhamento profissional e bons produtos associados a uma dose de paciência têm grandes chances de sucesso contra a queda de cabelo.

     

    Dr Marcelo Olivan

    Doutor em Cirurgia Plástica pela USP. Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery – ISAPS. Médico da Disciplina de Cirurgia Plástica da USP. Médico do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo – ICESP. Membro do corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein, Sírio Libanês, Oswaldo Cruz, São Luiz, entre outros.

    institutooolivan.com.br

    Tel:  (11) 3522-9402 / 2898-9696

     

    Estudos

    * Fischer TW, Burmeister G, Schmidt HW, Elsner P.Melatonin increases anagen hair rate in women with androgenetic alopecia or diffuse alopecia: results of a pilot randomized controlled trial. Br J Dermatol. 2004 Feb;150(2):341-5.

    ** Oura HIino MNakazawa YTajima MIdeta RNakaya YArase SKishimoto J. Adenosine increases anagen hair growth and thick hairs in Japanese women with female pattern hair loss: a pilot, double-blind, randomized, placebo-controlled trial. J Dermatol. 2008 Dec;35(12):763-7.

     

    Compartilhar no:
    Share
    Leave a reply →

Leave a reply

You must be logged in to post a comment.

Pravda Alphaville

Compartilhar no:
Share
Share